Como a competitividade no mercado empresarial tem sido cada vez maior, a performance operacional vem se tornando um dos maiores problemas das organizações. Neste artigo vamos dar dicas de como passar por isso e profissionalizar a sua empresa.

     Nesse contexto, inserir rotinas praticas e eficientes, trabalhar com processos completos, estruturados e econômicos e ter decisões baseadas em análises profundas do mercado interno e externo estão entre as medidas mais importantes para o alcance dos resultados desejados.

     Porém, quando o assunto é empresas familiares, todas essas questões nem sempre estão presentes. Este tipo de gestão, na maior parte dos caso, possui uma certa resistência a mudanças, sobretudo quando estas implicam alterações significativas no modo em que a empresa trabalha.

Essa situação acaba por atrapalhar o crescimento da empresa, com a desculpa de manter as tradições herdadas dos fundadores, por exemplo, que muitas vezes bate de frente com a inovação.

     Conhecendo a importância desse tema, preparamos algumas dicas práticas que alavancarão a profissionalização de se uma empresa familiar, tornando-a mais preparada e alinhada para agir no mercado atual. Confira a seguir!

Empresas familiares e seus desafios

     Assim como em qualquer modelo de negócio, as empresas familiares também passam por uma série de desafios que atrapalham o desenvolvimento da gestão e das atividades da mesma. Com isso, os resultados são prejudicados. Por isso listamos aqui 3 dos motivos principais que travam as empresas em seu dia a dia.

Nepotismo

    Um dos maiores problemas da gestão empresarial está relacionado ao nepotismo. Como este modelo de negócio os laços afetivos, familiares e profissionais muitas vezes se encontram, é muito comum que haja a admissão de cargos apenas pelo parentesco. O que significa que, os cargos mais altos e de liderança, muitas das vezes, têm como único critério o parentesco. Portanto, critérios técnicos podem ser deixados de lado na hora de definir quem assumirá um certo cargo de relevância.

     Essa realidade é extremamente prejudicial a empresa que busca o melhor dos resultados pois nem sempre é a pessoa mais preparada quem toma as decisões ou gerencia as atividades. Em uma organização profissionalizada, nas quais os resultados estão acima de qualquer vinculo, o nepotismo não ocorreria.

Comunicabilidade

      É mister que toda empresa tenha uma boa comunicação dentro e fora dela, seja entre os funcionários ou com os fornecedores e clientes. Porém, a comunicação pode surgir como uma fraqueza dentro das empresas familiares.

     Isso significa que atritos particulares (e que nada têm a ver com a empresa) podem interferir no relacionamento dos sócios e funcionários, gerando falhas graves nos diálogos internos. A falta de comunicação entre os componentes da empresa, ocasionada pelas diversas opiniões, por exemplo, é também uma das causas da falhas nos resultados e prejudicam a condução da organização.

Sucessão

     Talvez este seja o maior dos maiores problemas das empresas familiares. Essas organizações possuem uma certa oposição à mudanças, isso são causas da falta de planejamento de sucessão da empresa, que  busca a continuidade das ações ja realizadas sem que haja conflito de gerações e visões. De acordo com a Pesquisa Global sobre Empresas Familiares de 2016 apenas 43% das empresas familiares no mundo não têm um plano de sucessão, e apenas 12% delas chegam a terceira geração. 

     Onde percebe-se é que a falta de planejamento futuro acaba afetando a longevidade deste tipo de empresa. A pesquisa também aponta que apenas 28% das empresas brasileiras tomam decisões com base em uma abordagem visando longos prazos, bem abaixo da média global que chega a 55% das empresas.

     Portanto, nota-se que nem um terço das empresas brasileiras possuem um plano de sucessão, tornando assim uma transição bem mais complicada quando um herdeiro mais novo, com novas ideias e ideologias assume  a liderança. Por isso é necessário um planejamento, para facilitar a transição de épocas.

Profissionalização das empresas familiares

     Após ler um pouco sobre alguns dos problemas que as empresas familiares passam no dia a dia, podemos passar agora algumas medidas que podem ser adotas pelas organizações para maximizar o resultado de uma empresa familiar.

 1.Modernização

     As empresas familiares normalmente refletem as posições culturais de seus lideres fundadores. Porém, tais reflexos podem não estar mais alinhados com a cultura atual e com as necessidades do mercado em que se esta inserido. Por tanto, é mister que haja mudanças culturais na gestão empresarial para que o “legado” ultrapassado não atrapalhe o desenvolvimento da organização, abrindo assim o espaço para novos investimentos e tecnologias.

2.Profissionalizar as ferramentas

       Após “abrir a cabeça” para as novidades, é de grande importância que as ferramentas utilizadas pela empresa sejam maximizadas em resultado. Já se sabe que a tecnologia oferece soluções para todas as áreas, sendo elas empresariais ou não, portanto, não hesite em investir na tecnologia, seja ela para o marketing, produto, controle financeiro ou quaisquer que sejam as áreas.

     Gestão baseada em papéis não condiz mais com a realidade, além do fato de que fica bem mais difícil de se organizar.

3. Gestão financeira

     Este ponto merece atenção máxima em qualquer que seja a empresa, porém quando se trata de empresas familiares, merece uma atenção ainda maior, pois é neste ponto em que as empresas mais se distanciam do profissionalismo. É normal que o patrimônio da empresa seja vista como uma extensão do patrimônio dos sócios proprietários e que retiradas do caixa seja um evento comum, porém isso é um erro grave.

     A empresa é uma entidade à parte, que necessita de recursos para se manter funcionando. Portanto, separar o patrimônio da empresa e dos sócios é extremamente necessário. Nesse sentido, o ideal é criar um plano de distribuição de renda e também um controle sobre as saídas de capital e se garanta a continuidade da empresa.

Em fim, apesar de ser desafiador sair da comodidade e buscar o novo, a profissionalização da empresa familiar não é apenas possível como também é necessário para que ela continue a vingar e ter cada vez mais resultados competindo assim em mercados cada vez maiores.

     Apesar de básicas, as dicas deste artigo podem ser o inicio para uma grande mudança nos fundamentos de sua empresa.

Gostou das dicas? Vai gostar ainda mais do nosso jeito de trabalhar, não perca tempo e entre em contato.

BEijaflor2

UMA MELHOR GESTÃO PARA SUA EMPRESA
EM APENAS UM CLIQUE

TESTE GRÁTIS

Pedro Ventura