Você já ouviu falar de Jeff Bezos? Se não, para começar a conversa, podemos dizer que além de ser o terceiro bilionário mais rico do mundo é só o fundador e presidente de uma importante e famosa empresa de comércio eletrônico mundial chamada Amazon!

Bezos também é um dos grandes proprietários de terras do Texas, o Estado petrolífero por excelência.

Neste ano, sua fortuna, graças à revalorização em 118% das ações de sua companhia, alcançou o equivalente a 245 bilhões de reais.

A história desse empreendedor não é exatamente a típica fábula das garagens do Vale do Silício na Califórnia, mas não deixa de ter o seu encanto.

Ele não se instalou em Palo Alto nem abandonou a universidade, como Steve Jobs e Bill Gates.

Antes de montar sua startup, graduou-se com honras em Princeton, em ciência da computação e engenharia eletrônica, e desenvolveu uma brilhante carreira, primeiro como programador e mais tarde como analista financeiro.

Depois de deixar seu badalado emprego em Wall Street onde seu trabalho para um fundo de investimento lhe permitiu aprender como se administrava o estoque no mundo editorial e que dificuldades as livrarias tinham para gerir seu depósito, Bezos iniciou sua aventura em Seattle (onde já estava a Microsoft), com uma livraria online.

Procurou um imóvel com aluguel inferior a 700 dólares (2.800 reais) na cidade de Seattle e durante dois anos ele e sua esposa trabalharam duro, empacotando e levando as encomendas a uma agência dos correios.

E para encurtar a história, assim nasceu a gigante Amazon!

Hoje a Amazon é uma empresa cotada em bolsa com as siglas AMZN e cujas ações chegaram a subir em torno de 15% em uma semana, chegando ao posto de sétima maior companhia, tornando-se maior que empresas como Caterpillar, Goldman & Sachs e Boing juntas.

Sem sombra de dúvidas a vida e o estilo de gestão empresarial de Jeff Bezos, estão repletos de ensinamentos para todo e qualquer empreendedor que possui grande ideias e pouco orçamento.

Então acompanhe conosco 5 lições de gestão empresarial de Jeff Bezos:

1. Se não vai competir por preços, foque seu negócio na personalização.

A Amazon utiliza uma tecnologia de filtros associativos que permitem mostrar produtos para o usuário baseado no seu histórico de compra e de navegação.

O sistema é tão avançado que por exemplo, partindo do tipo de livros que o cliente compra o algoritmo infere que tipo de música o usuário gosta e assim recomendam algum cd ou artista, baseado nessa informação.

2. Mão de obra reduzida ou a “regra das duas pizzas”.

Bezos é famoso entre os nerds por conta da sua regra da pizza, que é basicamente assim: nenhuma equipe deve ser maior do que uma que possa ser alimentada com 2 pizzas grandes.

Um grupo de 5 a 7 pessoas bem selecionadas, escolhidas com inteligência, com afinidades e profundamente comprometidas com o negócio.

Isso permite uma interação melhor no grupo, testar ideias sem ter medo do pré julgamento de um grande grupo, ter mais agilidade na hora de colocar ideias pra funcionar.

Embora a companhia já tenha tido mais de 154.000 empregados pelo mundo, a tendência é esse quantitativo diminuir, pois, Bezos almeja que uma frota de drones passe a ser utilizada para fazer as entregas da organização em substituição da frota de caminhões.

3. De olho na grama do vizinho: não perca a concorrência de vista!

A Amazon tem bots (robôs) que estudam os preços de seus concorrentes e assim a companhia ajusta os seus.

Também tem uma unidade de negócios chamada “inteligência competitiva”, que compra grandes volumes de produtos de seus competidores para analisar detalhadamente seus processos de vendas.

Depois, é feita uma avaliação dos serviços em diversos aspectos, como agilidade na entrega, facilidade e velocidade de navegação das páginas. O que for melhor, é imediatamente reproduzido.

Graças à sua feroz relação com a concorrência a Amazon comprou a Diapers.com por um preço baixo, não sem antes vencê-la em uma guerra online de preços.

4. O atendimento ao cliente deve ser impecável!

 O centro do negócio da Amazon são os clientes, eles influem nas decisões da companhia e são o foco das operações.

Igualmente Jeff Bezos considera muito importante responder de forma imediata e eficaz às reclamações dos usuários.

Se algum dia você tiver alguma reclamação a fazer, até hoje “o poderoso chefão” da Amazon tem um email corporativo disponível (jeff@amazon.com) para receber as impressões dos clientes da empresa.

Os incidentes mais graves são encaminhados aos executivos da empresa, que têm algumas horas para resolver o problema e responder ao cliente.

Dizem as más línguas que quando os colaboradores recebem um email de Bezos, com apenas o caractere “?” é o suficiente para criar muita tensão.

Quando o erro é da própria Amazon, o chefe do setor responsável pela falha é convocado a se explicar pessoalmente para Bezos.

5. A visão de futuro à la Bezos!

Quando em 1993 Jeff Bezos descobriu em uma notícia que a Internet estava crescendo 2.300% por ano em númeor de usuário, decidiu que ali estaria o seu futuro.

Em 1994 renunciou ao seu cargo de vice presidente da D.E. Shaw & Co, uma companhia de investimentos financeiros em Wall Street e em 1995 montou um negócio online centrado na venda de livros.

O motivo?

Basicamente, porque era (e provavelmente continua sendo) um amante da leitura e além do mais, depois de analisar uma lista de 20 possíveis produtos para vender online, os livros representavam um grande potencial, pois, contavam com milhões de produtos disponíveis e em crescimento.

Jeff Bezos nos tem ensinado a analisar o presente, reconhecer o terreno fértil, mas inexplorado e apostar no diferente com um pensamento inovador e de longo prazo.

Assim projetou um futuro próspero para a Amazon e hoje colhe os frutos.

Frases célebres de Jeff Bezos sobre Amazon.com

Para terminar, deixaremos uma série de frases célebres de Jeff Bezos, que nos servem para compreender um pouco mais a forma de pensar de um homem que com seu estilo de gestão empresarial, chegou a ser considerado o rei do e-commerce mundial:

  • “Seja o primeiro em um grande mercado.”
  • “Se você não é teimoso, vai desistir de fazer experiências muito cedo. E se não for flexível, vai bater de cabeça na parede e não vai encontrar uma solução diferente para seus problemas.”
  • “No velho mundo, você dedicou 30% do seu tempo para a construção de um grande serviço e 70% do seu tempo para gritar sobre isso. No novo mundo, inverta.”
  • “Nós sempre inovamos começando pelo ‘cliente‘ e trabalhando de trás para frente. Isso se torna o nosso ‘padrão de qualidade‘ de como inovar na Amazon.”
  • “Uma empresa não pode ficar viciada em ser brilhante, porque o brilhantismo não dura.”
  • “Eu penso que o uso responsável de utilização de recursos conduz a inovação, da mesma forma que outras restrições fazem. Uma das únicas maneiras de sair de uma caixa apertada é inventando o seu próprio caminho.”
  • “Se você estiver orientado à longo prazo, os interesses dos clientes e os interesses dos acionistas estarão alinhados.”
  • “Se você não quiser ser criticado, pelo amor de Deus, não faça nada novo.”
  • “Você quer olhar para o que as outras empresas estão fazendo. É muito importante para não ser hermeticamente fechado. Mas você não quer olhar e dizer: ‘Ok, vamos copiar isso‘. Você quer olhar e dizer: ‘Isso é muito interessante. Onde os resultados disso podem nos inspirar?‘ E, em seguida, colocar seu próprio toque exclusivo.”
  • “Tivemos três grandes ideias na Amazon que guardamos por 18 anos, e elas são a razão do nosso sucesso: Colocar o cliente em primeiro lugar. Inventar. E ser paciente.”
  • “Tivemos três grandes ideias na Amazon que guardamos por 18 anos, e elas são a razão do nosso sucesso: Colocar o cliente em primeiro lugar. Inventar. E ser paciente.”
  • “Vemos nossos clientes como convidados para uma festa, e nós somos os anfitriões. É nosso trabalho diário fazer cada aspecto da experiência do cliente um pouco melhor”.
  • “Uma pergunta comum no mundo dos negócios é ‘por que?’. Essa é uma boa pergunta, mas outra igualmente válida é ‘por que não?’”.
  • “Se você é focado na competição, você terá que esperar até que um competidor faça algo. Se você é focado nos clientes, poderá ser pioneiro”.

Prontos(as) para aplicar um pouco do que foi dito aqui no seu dia a dia de negócios?

Marketing Nxfácil