Responda sinceramente: você sabe como calcular a margem de lucro de um produto corretamente?

A verdade que independente do tamanho de seu empreendimento, saber como calcular a margem de lucro de um produto ou serviço é extremamente importante para a manutenção de seu negócio.

O que realmente importa é que para que seja possível tornar uma empresa competitiva, lucrativa, ou até mesmo para que haja um possível crescimento sustentável, é necessário saber precificar os produtos ou serviços corretamente.

Mas para isso, é fundamental conhecer alguns conceitos básicos como o que é Lucro Líquido, Lucro Bruto, Margem Líquida, Margem Bruta, Mark-up e muito mais.

E além dos itens acima, é igualmente importante conhecer os custos e as despesas do negócio, o ciclo de vendas.

Por isso, precisamos falar sobre cálculo de margem de lucro e ensinaremos de modo simples a como calcular a margem de lucro de um produto ou serviço.

Desejamos sinceramente que até o final deste artigo, qualquer empreendedor seja capaz de calcular os preços de venda dos seus produtos.

Se você prestou atenção em algum dos termos que utilizamos mais acima, verá que contamos com dois tipos de lucros para circunstâncias de qualquer procedência, o Lucro Líquido e o Lucro Bruto.

Para saber como calcular a margem de lucro de um produto o primeiro passo é, justamente, saber diferenciar esses dois tipos de lucros dentre seus números.

Por isso precisamos saber ou ter uma definição do que é Lucro Líquido e Lucro Bruto.

Lucro per si é basicamente a diferença entre o faturamento obtido com as vendas de um produto ou serviço e os custos de execução do trabalho (a fórmula para calcular é: lucro bruto = receitas totais – custos).

A margem de lucro bruta é um valor percentual obtido da relação entre o lucro bruto e a receita total (a fórmula é: margem de lucro = lucro bruto / receitas totais).

Para exemplificar melhor, vamos supor que em um mês, uma empresa contou com R$ 20.000,00 em vendas de um determinado produto.

Destes, R$ 12.000,00 foi do custo das mercadorias. Sendo assim, o Lucro Bruto foi de R$ R$ 8.000,00.

Já o almejado Lucro Líquido de um serviço ou de um produto é obtido a partir do Lucro do Bruto, menos tributação e despesas fixas e variáveis

É neste cálculo que entram, por exemplo, os impostos, valores despendidos com funcionários, telefone, luz, água e assim por diante.

Seguindo o exemplo acima, os mesmos R$ 20.000,00 que geraram um Lucro Bruto de R$ 8.000,00, neste caso, sofreriam um decréscimo referente às despesas.

Sendo assim, o Lucro Líquido, descontadas todas as despesas foi de R$ 5.000,00.

Para calcular o lucro de um determinado período, o esquema é o mesmo, você soma todo o faturamento e, desse total, tirar tudo o que foi gasto para realizar os serviços.

O que sobrar será o lucro do período e com essa informação em mãos o empreendedor já consegue ter uma boa noção de como anda o negócio.

Mas há ainda mais uma conta a ser feita, a da porcentagem de lucro, que dará uma panorâmica mais exata da situação da empresa.

O cálculo da margem de lucro é feito a partir de uma fórmula simples: divida o lucro pela receita total e multiplique o resultado por 100. Vejamos um exemplo:

Receita total: R$ 30.000

Custos: R$ 15.000

Lucro: R$ 30.000 – R$ 15.000 = R$ 15.000

Margem de lucro: R$ 15.000/R$ 30.000 = 0.5 x 100 = 50%

Pelos cálculos, a margem de lucro da empresa foi de 50%.

Outro ponto crucial para a definição do preço de venda, é entender o conceito de Margem Líquida, Margem Bruta e Mark-up. Este é mais um ponto facilmente confundido pela maioria dos empreendedores.

Veja, são as margens que analisam a rentabilidade do negócio percentualmente dizendo é esse cálculo que permite ao empreendedor entender quando um produto rende mais que outro, por exemplo.

Muitas são as empresas que possuem diversos produtos em sua linha, realizam um cálculo geral onde o resultado é positivo, entretanto, não conseguem perceber se algum dos seus produtos está sustentando essa alta, enquanto outros não estão sendo tão lucrativos assim.

Por isso, é indicado que esse cálculo seja feito para cada produto ou serviço, caso a empresa tenha mais de um em suas opções.

Baseando-se nessa preocupação, fica mais fácil entender a importância dos cálculos de Margem Líquida e da Margem Bruta.

Margem Bruta: como calcular.

A Margem Bruta é calculada a partir do Lucro Bruto do negócio.

Portanto:

Margem Bruta = Lucro Bruto / Receita total X 100

Ainda seguindo os números exemplificados acima, temos:

R$ 8.000,00 / R$ 20.000,00 X 100 = 40%

Ou seja, a Margem Bruta neste caso é de 40%.

Margem Líquida: como calcular.

O cálculo da Margem Líquida é feito em cima do Lucro Líquido do negócio.

Portanto:

Margem liquida = Lucro Líquido / Receita total X 100

Ainda seguindo os números exemplificados acima, temos:

R$ 5.000,00 / R$ 20.000,00 X 100 = 25%

A Margem Líquida neste caso é de 25%.

Vamos falar sobre o Mark-up.

Por fim, mas não menos importante, temos o Mark-up.

A diferença do Mark-up para as margens é que neste caso é calculado, inclusive, o lucro desejado, exatamente por isso este é considerado um dos conceitos mais importantes na precificação dos produtos e serviços, já que ele oferece a visualização dos valores que devem ser cobrados para que não existam perdas.

Essa técnica, inclusive é bem interessante,pois auxilia na hora de negociar com clientes, isso porque, cientes dos valores para que existam lucros, fica mais fácil para os vendedores estabelecer limites para descontos por exemplo.

Se aprofundando no Mark-up, são 3 tipos utilizados, sendo eles:

Total

Como se pode depreender pelo nome, nesse, todos os custos são calculados, o que inclui despesas administrativas, impostos, custos com matéria prima e mão de obra e assim por diante.

Sendo assim, a conta seria o lucro desejado, dividido pelo custo total. O resultado é a porcentagem do Mark-up total.

[Markup% =  Lucro almejado/ Custo total]

Produto

Aqui, os custos calculados são apenas aqueles envolvidos na fabricação do produto. Além disso, são envolvidas as despesas de vendas e administrativas e os lucros.

[Markup% = Lucro desejado + despesas administrativas e de vendas/Custo de fabricação]

Variável

Neste tipo que também é bem simples, o cálculo é realizado com base nos custos e despesas fixas e no lucro.

[Markup% = Lucro desejado + Custos despesas fixas/Custos e despesas variáveis]

Agora que conhecemos os conceitos básicos para calcular a margem de lucro de um produto ou serviço, é chegada a hora de olhar para dentro da sua própria empresa, da sua operação, das suas vendas, e claro, dos seus objetivos.

Os principais fatores a serem analisados dentro da sua empresa são: preço, custos, ciclo de vendas, grau de produtividade e retrabalho, gestão, objetivo de vendas, objetivo de margem, entre outros fatores.

Se depois de todos os cálculos realizados o valor de venda tiver que ser muito além que o da sua concorrência, então fique atento(a), isso é um sinal de que algo não vai bem dentro do processo.

Uma vez identificado o problema, refaça seu processo, analise pontos de melhorias e faça com que seus números sejam tão competitivos quanto os da concorrência.

Para turbinar a gestão de sua empresa um software de gestão empresarial pode ser um grande aliado, pois, além de controlar os dados da empresa como um todo, integrar setores, ele ainda facilita a comunicação interna e mantém as informações acessíveis em tempo real.

Esperamos que o artigo seja de grande valia para o seu negócio e contribua para o sucesso de empresa!

Marketing Nxfácil