Manter o estoque em dia é de suma importância para uma empresa organizada, separamos algumas dicas importantes que irão te ajudar:

1. Metodologia de contagem

O primeiro ponto para saber como fazer um inventário de estoque é definir a metodologia. Antes de começar o processo de contagem dos produtos que a sua loja tem, é fundamental que seja definida a forma de contagem que será adotadas pelos contadores.

Essa metodologia será importante para evitar que a contagem saia do padrão e que varie de contador para contador. Além disso, para a realização das auditorias da contagem é preciso que todos tenham o conhecimento do padrão adotado.

2. A loja deve ser organizada e arrumada para o inventário de estoque

Essa organização envolve a ordenação dos produtos nas prateleiras de uma forma que favoreça a contagem, lembrando que todos os produtos precisam estar à mostra e dispostos de uma forma que seja possível manipulá-los e ter acesso aos códigos de barra.

3. Analisar a movimentação de estoque

A organização da loja está relacionada com o controle sobre os produtos, tanto fisicamente quanto virtualmente. Dessa forma para a realização do inventário é necessário ter a certeza que o software de gestão está atualizado e que não há nenhuma nota de mercadoria para entrar ou qualquer outro tipo de pendência, esses fatos causariam um erro no resultado.

Na hora de escolher o dia para a realização do inventário de estoque, é válido considerar um dia mais calmo em relação à movimentação de produtos.

Isso quer dizer, que no dia do inventário é necessário evitar o recebimento de novas mercadorias

4. Auditoria da contagem de estoque

É necessário realizar a auditoria da contagem das mercadorias. É preciso que seja definido um responsável por auditar esse processo, conferindo, por amostra, se a atividade está correta.

A melhor forma de auditar o inventário é através da emissão de relatórios de contagem sem a indicação da quantidade encontrada, ou seja, a partir dos dados informados pelo contador, o auditor deve conferir fisicamente se os mesmos estão corretos.

É essencial que tenha um supervisor responsável pelo inventário de estoque, de forma que não é indicado deixar por conta dos contadores a contagem e a auditoria do processo.

5. Endereçamento da loja para o inventário de estoque

O endereçamento deve ser realizado para ajudar na localização das prateleiras e corredores da loja.

O endereçamento da loja será relevante para a auditoria e para a segurança do resultado do inventário de estoque, pois assegura que todos os contadores sigam o mesmo padrão de contagem, e percorram todas as prateleiras.

6. Realize, pelo menos, duas contagens.

Se o objetivo do inventário é diagnosticar a diferença entre o estoque físico e o estoque virtual da loja, é necessário que ele seja correto. Portanto, para uma maior segurança dos resultados, é preciso que seja realizada mais de uma contagem.

Normalmente, uma contagem é realizada de forma manual, ou seja, o contador conta quantos produtos têm em uma determinada fileira, e depois de forma eletrônica, usando o coletor de dados para leitura dos códigos de barra. Esse processo só evolui no momento que as duas informações são iguais.

Sabe a foto do início do post? Essa das embalagens trocadas? Com o processo de recontagem e utilizando um coletor de dados, não ocorrerá o erro, uma vez que o código de barra é diferente e o coletor vai apontá-la.

Por isso mesmo é fundamental contar com equipamentos preparados para o processo.

É preciso saber como fazer um inventário de estoque

Seguindo essas informações você conseguirá realizar um processo de contagem dos produtos confiável em sua loja.

O inventário de estoque, apesar de ser um processo indispensável para o bom funcionamento da loja, não é uma atividade que faça parte do dia a dia do varejista e dos seus colaboradores. Por isso, é importante contar com a ajuda de um profissional, ou mesmo, procurar uma empresa especializada nessa operação, os resultados serão mais seguros e confiáveis.

FONTE: Info Varejo.

Bruna Klaumann