lá tudo bem? Quando se fala de devolução de compra ou devolução para fornecedor muitas duvidas ainda surgem sobre como realmente fazer a esse tipo de devolução e que passos seguir dentro do nosso sistema, então vamos lá para a explicação.

O que é uma devolução?
A Nota Fiscal de Devolução tem o intuito de anular as operações de compra ou venda, inclusive sobre os impostos. Para emiti-la, você precisa ter um Certificado Digital A1 . Desta maneira deve-se observar os impostos vigentes na nota fiscal de saída do estabelecimento fornecedor, ou seja, a Nota Fiscal de devolução sempre deve ser emitida da mesma forma com que foi a Nota Fiscal de origem.

1 – Temos que verificar qual é o tipo de devolução e de nota que você tem em mãos para fazer a devolução.

2 – Verificar se no tipo de operação tem um com o nome Devolução de Compras ou Devolução para Fornecedor. Se não tiver vamos ter que criar.

2.1 – Basta ir em Tipo de Operação, clicar em adicionar e parametrizar.

  • Em Operação: Selecionar Devolução para Fornecedor
  • Em Gera Financeiro: Selecionar Não

Screenshot_2

3 – Na venda, coloca-se o Tipo de Operação a opção de DEVOLUÇÃO. Para gerar a venda, pode-se fazer manualmente ou transformar a nota de entrada em venda:

GIF

4 – Nas Observações da venda deve-se informar a nota a ser referenciada com a data de emissão da mesma.

  • Exemplo: DEVOLUCAO REFERENTE A NF “XXXX” EMITIDA EM DD/MM/AAAA
  • Essa observação também pode ser inserida direto no tipo de operação

5 – Feito isso é só concluir a venda e fazer a Nota Fiscal.

6 – IMPORTANTE: Verificar os impostos juntamente com o CFOP, se a nota veio com o IPI e outros impostos deve voltar com os mesmos. Quanto o CFOP é importante sempre seguir as orientações da contabilidade.

7 – Na aba ICMS, no campo Situação Tributaria deve-se colocar a opção “900 – Outros” – se a sua empresa FOR DO SIMPLES NACIONAL. Se a sua empresa FOR DO LUCRO REAL utilizar a opção “90 – Outros”

9 – Ainda nesta aba você pode fazer o preenchimento de impostos referentes a ICMS, sempre sendo fiel às informações da nota de entrada

8 – Caso a nota de entrada tenha vindo com IPI, é necessário que este seja destacado. Na aba IPI você também utiliza a opção “99 – Outras Saídas” na Situação Tributária e preenche os impostos

10 – Depois de os impostos e as devidas descrições preenchidos, você deverá colocar a “Chave da nota a ser referenciada”

Screenshot_3

11 –  Por fim, você pode pré-visualizar a nota para conferir as informações estando tudo okay, basta fazer o envio. 

Tem alguma duvida ou pergunta a respeito de fazer uma devolução?
Chama a gente no Chat que temos o prazer em te atender.

BEijaflor2
www.nxfacil.com.br
😉

 

Bruna Klaumann