O fluxo de caixa é um instrumento de gestão financeira para o controle do movimento de capital (entradas e saídas) de uma empresa. Seu objetivo é tornar visível de forma simples e clara as despesas e as receitas da empresa, de modo com que depois de um tempo seja possível, fazer análises futuras do financeiro da empresa.

dicas_fluxo_de_caixa

Uma empresa sem controle do fluxo de caixa tem grandes chances de se perder em suas finanças. Por exemplo uma empresa faturou no primeiro mês R$3 mil e no segundo mês o número de vendas aumentou para R$6 mil, considerando os fatos é uma ótima notícia, porem as despesas que eram de R$2 mil aumentaram no segundo mês para mais de R$ 8 mil e tornou o saldo atual negativo.

Se essa empresa possui-se um fluxo de caixa ela poderia descobrir onde que ela está gastando mais e se essas despesas são realmente relevantes. O fluxo de caixa, além de fornecer tranquilidade ao gestor, possibilita a previsão de entradas e saídas futuras, auxiliando na tomada de decisão.

Um fluxo de caixa completo é composto pelo contas a pagar, contas a receber, DRE (Demonstrativo de Resultados e Exercício), plano de contas, registro de lançamentos, gráficos e por fim, mas não menos importante, os relatórios de fluxo de caixa.

Para um fluxo de caixa eficiente e eficaz que apresenta toda projeção dos lucros e despesas da empresa corretamente é importante ter uma periodicidade que pode ser diária, semanal, quinzenal e mensal para atualização dos dados. Após um período de análise de aproximadamente três meses, será possível fazer projeções para o futuro financeiro da empresa dando mais confiança ao gestor.

TENHA TOTAL CONTROLE DO SEU FLUXO DE CAIXA
EM APENAS UM CLIQUE

TESTE GRÁTIS

Bruna Klaumann